Português Inglês Espanhol

PRATICATATUM E JULITA TRANSFORMANDO PELA MÚSICA

27 de junho de 2016

 

A música tem o poder transformador de estimular o conhecimento, o exercício da cidadania, o gosto pela arte, cultura e também pelo estudo. É uma das linguagens de aprendizado na Fundação Julita há mais de 8 anos. Desde o ano passado, as oficinas de Música da organização passaram a contar com um parceiro para ampliar ainda mais suas atividades: o Praticatatum.

 

IMG_3252_SITE

 

Para além da oficina de percussão realizada há 4 anos pelo idealizador do Praticatatum, Arlen Ribeiro, a parceria agora viabiliza aulas de mixagem, sopro, mídias musicais e o ensino técnico de aparelhos eletrônicos; beneficiando aproximadamente 120 crianças e jovens entre 7 a 21 anos. Na parceria, a Julita oferece a metodologia pedagógica socioeducativa e a infraestrutura (alunos, instrumentos, espaço) e o Praticatatum, em contrapartida, viabiliza a capacitação por meio de dois educadores.

Idealizado e coordenado por Arlen Ribeiro, o projeto Praticatatum “transpira” criatividade até em seu nome, que tenta traduzir por meio de sílabas alguns instrumentos de percussão. Existente desde 2008, hoje o conhecido carinhosamente como “Pratica” desenvolve cerca de 8 oficinas musicais: percussão, musicalização infantil (xilofone, canto-coral e flauta-doce ), violão, guitarra, contrabaixo, teclados, instrumentos de sopros e cordas, além da discotecagem com tecnologia musical informatizada. Atende cerca de 700 estudantes entre 6 e 20 anos. Muitos formam a Orquestra Praticatatum que se apresenta em diversos locais da cidade.

 

 

Colhendo frutos

Arlen Ribeiro é educador de percussão de crianças e jovens atendidos pela Fundação Julita desde 2012. Desta atuação de quatro anos na organização já consegue apontar vários frutos:

• Atualmente, três estudantes de percussão da Julita fazem parte do corpo da Orquestra Praticatatum;

• “Alunos Julita” participaram do Campeonato Brasileiro de LOL (League of Legends), que aconteceu em 2015 no Allianz Parque. O evento recebeu um público de cerca de 20 mil pessoas e foi transmitido em salas de cinema para mais de 9 milhões de espectadores;

• Hoje, um jovem ex-educando é educador do Programa Castanheira da Fundação Julita, atuando em sensibilização musical para crianças na primeira infância.

IMG_2773

Lucas atua como educador de sensibilização musicalização infantil resgatando os ritmos populares. Ele ensaiou com as crianças para a Festa Junina da Fundação Julita de 2016, o ritmo Congada que é típico da Festa do Divino, tema do evento deste ano.

 

Segundo Arlen, a maior herança do projeto é levar a música para o resto da vida desses educandos. Sem contar o reforço para a autoestima. “Quando se está aprendendo a tocar um instrumento, o aluno se sente desafiado, além de desenvolver um sentimento de crença em sua própria capacidade criativa e de realização, conhecendo assim suas potencialidades”, completa o educador. Agora, o sonho é realizar apresentações mundo afora com a Orquestra Julita.

 

Centro de Educação em Cultura

As atividades de música em parceria com o Praticatatum fazem parte do Centro de Educação em Cultura, que também oferece aos beneficiados da Fundação Julita: aulas de violão, estúdio de gestão coletiva para ensaios de bandas independentes, biblioteca comunitária, aulas de dança para jovens e adultos e eventos culturais aos fins de semana.

 

Colaboração: Janaina Goes.