Português Inglês Espanhol

Nova parceria para a Cultura de Paz

22 de fevereiro de 2017

A Fundação Lama Gangchen para a Cultura de Paz fez parte da primeira formação de 2017 da Fundação Julita, com a proposta de trazer uma atividade que entra para o currículo da organização. Trata-se de exercícios de concentração e respiração, a fim de possibilitar o equilíbrio emocional. Primeiro, a iniciativa visa sensibilizar educadores e coordenadores pedagógicos para, em um segundo momento, ser compartilhada entre as crianças, adolescentes e seus familiares.

As atividades são baseadas no Programa Ser em Paz, da Fundação Lama Gangchen, fundada em 2007. O programa tem como base a Educação para a Paz, que se define como “uma educação para a vida, propondo o desenvolvimento de seres humanos mais equilibrados, física e emocionalmente, capazes de lidar com todos os aspectos da sua vida de forma mais pacífica, harmônica e feliz”.

“Na Fundação Julita, as atividades serão compostas por exercícios que ‘ensinam’ a mente a ficar mais tranquila, sobretudo os de respiração. Hoje temos muitos estímulos e é importante a criança aprender a focar e a se concentrar, principalmente para lidar com seus conflitos sem violência. Acreditamos que a paz interna é a base mais sólida para a paz mundial”, explica os diretores e também educadores da Fundação Lama Gangchen, Daniel Calmanowitz e Simone Bambini Negozio.

Segundo o Gestor de Projetos Pedagógicos da Fundação Julita, Jânio de Oliveira, essa parceria vai contribuir muito com o dia a dia da organização. “Todos vão poder utilizar, aproveitar e compartilhar essa ferramenta tendo em vista a igualdade de direitos e a cultura de paz”, complementa.

formacao6

formacao4 formacao3

formacao1

formacao5