Português Inglês Espanhol

Fundação Lama Gangchen fortalece parceria com a Julita

7 de março de 2018

 

Apresentação dos resultados 2017.

Com a apresentação dos resultados satisfatórios de 2017, novas atividades vão acontecer em 2018.

A Fundação Lama Gangchen Para a Cultura de Paz fez a primeira formação de 2018 com os funcionários da Fundação Julita e apresentou os resultados do “Programa Ser em Paz Julita 2017”.

Ao todo, foram 72 encontros com a formação de 35 educadores que aprenderam a Prática da Respiração e Concentração (PRC), que promovem equilíbrio das emoções, foco e qualidade de vida.

Com isso, todo o conhecimento adquirido foi multiplicado no dia a dia com os educandos, como forma de potencializar uma melhor convivência em grupo, mediar conflitos e estabelecer uma conexão que traga calma e tranquilidade.

Educadores praticando PRC ( Foto: Fundação Lama Gangchen)

“Essa prática coloca a gente no nosso centro enquanto tanta coisa tira a gente do nosso centro. Por isso, é muito importante como prática pedagógica. Pretendemos envolver educadores, educandos e seus familiares”, ressalta Jânio de Oliveira, Gestor Pedagógico da Fundação Julita.

Resultados em 2017

Para mapear os resultados do “Programa Ser em Paz Julita 2017” foI feita uma pesquisa no final dos encontros. Os educadores afirmaram que sentiram em suas atividades mudanças após a introdução da PRC como o controle da ansiedade e a tranquilidade no momento de mediar algum conflito.

Já para os educandos, eles afirmaram que a PRC traz harmonia para o grupo, que gostam da prática e de conduzir o processo.

Estamos no caminho certo!

Mais um importante indicativo apresentado na formação está relacionado com a “Base Nacional Comum Curricular” (BNCC) que é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica, e, dentro das competências gerais, constam temas como: exercer a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, entre outros.

Todas essas diretrizes já estão na política pedagógica da Fundação Julita, desde a educação infantil até a terceira idade. Sendo assim, o “Programa Julita Ser em Paz” é mais uma importante ferramenta dessa metodologia de “educar para empoderar” da Fundação Julita, permitindo aos beneficiados viver melhor consigo mesmo e em sociedade.

Ações para 2018

Para finalizar, ficou definido os próximos passos da parceira entre a Fundação Julita e a Fundação Lama Gangchen Para a Cultura de Paz:  será realizada a formação de novos grupos de PRC para consolidar o método com os novos colaboradores, além da realização de atividades que envolvam toda a comunidade do território.

Para conhecer mais sobre a Fundação Lama Gangchen Para a Cultura de Paz, clique aqui.

Saiba mais sobre a parceria entre a Fundação Julita e a Fundação Lama Gangchen, clique aqui.

Cultura de paz, para um mundo de paz!