Português Inglês Espanhol

Encontro apresenta novas e velhas profissões

25 de abril de 2017

Em abril, o Programa Jovem Aprendiz realizou uma roda de conversa sobre novas e velhas profissões com os idosos do Programa Araucária. Sabendo que o mundo está em constante mudança, a tecnologia evoluindo e o desenvolvimento de novas técnicas, as profissões mudaram bastante nos últimos tempos. Nesse sentido,  a atividade teve como objetivo promover um bate papo entre jovens e terceira idade e possibilitar que os idosos contassem sobre as profissões que exerciam na juventude e também para que os jovens apresentassem as novas profissões que estão surgindo. O encontro contou com a participação de 30 idosos e 10 jovens com duração de uma hora.
 
 

 
 

Encontro intergeracional

 

Muito mais do que um bate papo sobre profissões, a atividade promoveu um encontro de gerações. Os idosos contaram sobre suas experiências profissionais exercidas ao longo de suas vidas. Deram conselhos, motivaram, inspiraram.  Os jovens falaram sobre as profissões que pretendem exercer futuramente, suas dificuldades, seus sonhos. Ouviram atentos às experiências compartilhadas. Criou-se um espaço de diálogo, troca e afetividade.
 

 

Confira alguns depoimentos:

 

“É muito bom falar de profissão com os jovens, pois na minha vida eu já fiz de tudo. Gostei da atividade porque pude ensinar e falar de coisas que os jovens nem sabiam que existiam”.

Maria Elza de Oliveira, 55 anos, beneficiada pelo Programa Araucária (Núcleo de Convivência do Idoso).

 

“Os idosos têm mesmo muito a nos ensinar, seja pela experiência vivida, seja pela sabedoria…”

 Melissa Gregório Gomes, 19 anos, jovem aprendiz.

 
 
 
 

Programa Jovem Aprendiz

 

A Fundação Julita possui um atendimento abrangente. Atende diariamente em torno de 1.200 pessoas de todas as idades (dos 4 meses a mais de 60 anos). O Programa Jovem Aprendiz encaminha jovens beneficiados pela organização entre 14 a 24 anos para o mercado de trabalho como jovens aprendizes, fazendo o acompanhamento sistemático deles por, no mínimo, três anos. Atualmente, 50 jovens são beneficiados pelo programa. Já o Programa Araucária (Núcleo de Convivência do Idoso) beneficia 160 idosos acima de 60 anos, oferecendo gratuitamente atividades físicas, de artesanato, cultura, lazer, socialização e alfabetização.